Na sexta-feira, 28 de abril, os servidores municipais de Fortaleza vão parar as atividades juntamente com os demais trabalhadores brasileiros. E temos motivos de sobra para isto.

Até agora o prefeito Roberto Cláudio vem enrolando e não negociou a reivindicação do reajuste salarial de 13,60% sem parcelamento e muito menos as demais pautas da Campanha Salarial, entre elas, mais recursos da Prefeitura Municipal de Fortaleza para o IPM com melhor funcionamento do sistema de saúde, realização de concurso público e o fim da terceirização. Além disso, baixou um pacote de maldades com vários decretos retirando e limitando direitos dos servidores.

No dia 28 vamos parar também para dizer ao governo Temer que a sociedade e a classe trabalhadora não aceitam as propostas de reformas da Previdência, Trabalhista, a lei da Terceirização, a criminalização do direito de greve e demais ataques que Temer, o Legislativo e o Judiciário  querem impor para garantir o lucro dos banqueiros, corruptos e especuladores.

No último protesto contra Temer e suas medidas, no dia 31 de março,  35 mil pessoas foram às ruas de Fortaleza e milhões em todo o Brasil. Dia 28 de abril vai ser maior com sua presença e a dos demais servidores municipais de Fortaleza.

Queremos o reajuste salarial de 13,60% sem parcelamento e o atendimento das demais reivindicações da Campanha Salarial 2017. Queremos a revogação dos decretos que prejudicam os servidores.

Queremos o direito a uma aposentadoria digna e justa e não ter que trabalhar até morrer para sustentar parasitas!
Dia 28 e GREVE GERAL - Lutar hoje para ter amanha - #ForaTemer

e-max.it: your social media marketing partner

Bem-Vindo!


Agenda da Luta

Assembleia dos servidores da Urbfor

- 19/04/2017 | 07h | Sede da Urbfor.

Assembleia dos ACS e ACE

-20/04/2017 | 8h | Sede do Sindifort | Rua 24 de maio, 1188 - Centro.

Greve Geral  - 28/04/2017

Pré-cadastro do SESC

 

 

 

 

Cadastre seu email

Leia Nosso Informativo

          

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

       

Cartilha de direitos das mulheres

  

Vídeos do Sindifort
Facebook
Twitter
Youtube