O Sindifort esclarece à população de Fortaleza e aos servidores da Guarda Municipal que considera equivocado o tratamento dado pela imprensa e redes sociais no caso do jovem que ofereceu suborno aos guardas municipais, quando foi abordado por infringir leis de trânsito, sem habilitação, em moto sem placa e estacionada na calçada. Repudiamos a medida adotada pela Prefeitura por meio da direção da Guarda Municipal que afastou os servidores, sem conceder o direito de defesa garantido pela Constituição e pelo Estatuto dos Servidores Municipais.

Na imprensa e em comentários em redes sociais, a situação foi abordada desqualificando o trabalho dos servidores municipais da segurança pública. Toda a corporação foi interpretada como negligente, negando o esforço que os servidores públicos empenham na realização do seu trabalho. Exemplo disso, foi a charge publicada em um dos principais jornais do Ceará. Nela uma caricatura de um guarda diz: “Claro, você acha que se fosse bandido, a gente ia conseguir prender?!”

Repudiamos a medida da Prefeitura e da Guarda Municipal que deveriam mostrar compromisso com a verdade e imparcialidade, mas afastaram os servidores do trabalho de fiscalização do trânsito, deslocando-os para outras funções. Tal iniciativa deve ser considerada uma punição dada antes que os guardas pudessem se defender de possíveis acusações. Ao agir assim, o ente público demonstrou conivência com mensagens e notícias sensacionalistas e desrespeitou toda a categoria dos guardas municipais.

 O Sindifort, entidade que representa os servidores municipais, junto com seu departamento jurídico, acompanhará toda a apuração do caso.

 

Bem-Vindo!


Agenda da Luta

 

Dia Municipal de Lutas 

-01/11/2017 | 08h | IPM (Av da Universidade)

Dia Nacional de Lutas 

 -10/11/2017 | 08h20 | Praça da Bandeira 

Dia de Luta na Câmara Municipal - ACS e ACE

-29/11/2017 | 9h | Câmara Municipal de Fortaleza

Cadastre seu email

Leia Nosso Informativo

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

       

Cartilha de direitos das mulheres

  

 

 

 

 

Vídeos do Sindifort
Facebook
Twitter
Youtube