Servidores que se sentirem prejudicados devem procurar o departamento jurídico do Sindifort

Na quinta-feira, 03/08/17, o Sindifort e servidores de nível médio que estão em desvio de função exercendo funções de nível superior em hospitais secundários e no SAMU tiveram reunião com representantes da  Secretaria Municipal de Saúde e o coordenador dos hospitais secundários. O Sindifort foi representado pela presidente, Nascelia Silva, e pelas diretoras Ana Miranda e Regina Cláudia Néri.

A reunião que aconteceu na sede da SMS (auditório Conselho Municipal de Saúde), tratou da situação destes servidores em desvio de função. Os representantes da Prefeitura confirmaram que todos os profissionais que se encontram em desvio de função serão reconduzidos a seus cargos e nível de origem. Já no próximo dia 16/08, a Prefeitura deverá chamar individualmente cada servidor e avaliar cada situação.

Diante da posição da Prefeitura, o Sindifort solicitou que fosse realizado concurso público em 180 dias e que fosse considerada a possibilidade da pontuação na prova de títulos considerar a experiência dos servidores que hoje exercem os cargos em questão, alguns com até 25 anos de experiência. A secretária de Saúde disse que não possui autorização para acatar a proposta do Sindicato. Tal declaração é mais um sinal de que a Prefeitura continua investindo em terceirização, em detrimento dos servidores de carreira e da qualidade dos serviços públicos.

Os servidores que participaram da reunião fizeram depoimentos com diversas reclamações sobre essa situação, inclusive porque não têm remuneração extra pelos cargos, mas somente uma jornada de trabalho diferenciada. Mesmo com a solicitação dos servidores de que fosse estudada uma maneira da manutenção dos mesmos nos atuais cargos, não houve acordo por parte dos representantes da Prefeitura de Fortaleza.

Diante disso, a presidente do Sindifort, Nascelia Silva, alertou os servidores que quando forem chamados retornar aos seus cargos/função de origem, procurem imediatamente o setor jurídico do Sindicato para ingressar com ação contra o município com o objetivo de garantir os direitos no cargo que exercem pelos últimos 5 anos.

É importante deixar claro que foi a própria Prefeitura que criou esta situação, realocando os servidores de nível médio em cargos de nível superior. O Sindifort continua atento e acompanhando de perto a PMF.

Bem-Vindo!


Agenda da Luta

Assembleia Geral Extraordinária

06/04/2018
8h30min - sede do Sindifort (rua 24 de maio, 1188, Centro)

Assembleias específicas

09/04/2018

6h30min - GMF - sede da Guarda Municipal
13h - IPM - Auditório do Sindifort

10/04/2018

6h30min - IPEM - Sede do IPEM
7h - Urbfor / SCSP - sede da Urbfor
12h - AMC -  sede da AMC
14h – ACE/ACS - Auditório do Sindifort

11/04/2018

8h30min - Regionais I a VI e Centro, SEPOG, PGM, SEMAN, SEFIN, AGEFIS, IMPARH, FUNCI e Secultfor - Auditório do Sindifort
14h - Hospitais, Frotinhas, Gonzaguinas, IJF e Postos de Saúde - Auditório do Sindifort

Obs: Os horários são sempre em segunda convocação

Assembleia geral e ato

18/04/2018
8h - Paço Municipal

Cadastre seu email

Leia Nosso Informativo



 

 

 

 

       

Cartilha de direitos das mulheres

  

Atendimento Jurídico

Vídeos do Sindifort
Facebook
Twitter
Youtube