O Sindifort esclarece a categoria dos servidores da Educação do Município de Fortaleza que está sendo convocada, pelo mesmo grupo político que dirige o Sindiute, uma assembleia para o dia 23/10 às 16:30 na Pça. José Bonifácio (veja Edital em anexo publicado no DOU e no jornal o Diário do Nordeste). A assembleia tem por objetivo criar um sindicato específico da categoria.

É de conhecimento de todos que o Sindifort tem questionado processos de criação de um sindicato da Educação. O principal motivo para isto é que os educadores têm sido impedidos de participar efetivamente deste processo.

Não questionamos o direito legítimo da categoria de criar um sindicato, mas não concordamos que um grupo político faça isso em nome dos educadores e sem o conhecimento pleno e concordância dos mesmos.

Por isso, o Sindifort ingressou na justiça com uma ação questionando o processo de criação do sindicato da categoria por esse mesmo grupo político, iniciado em 2013. A juíza da 15ª Vara do Trabalho impugnou o processo, declarando que a representatividade da categoria é do Sindifort. Em sua sentença, a juíza afirma que “Embora, como dito, a dissociação ( e não desmembramento, no caso ) seja um ato político sindical legítimo, o seu modus faciendi deve necessariamente ter amparo democrático e forma apta a rejeitar qualquer dúvida de que representa a vontade da categoria”.(Veja a sentença).

Infelizmente, mais uma vez, esse mesmo grupo tenta criar um sindicato específico dos educadores sem democracia e sem a ampla participação da categoria no processo. O que está por trás da convocação feita pelo Sindiute para um show com sorteio de motos na mesma data e mesmo local e quase no mesmo horário da assembleia de criação do sindicato da categoria? Porque não está sendo divulgado que nesse mesmo dia e praticamente no mesmo horário, o grupo político que dirige o Sindiute irá mais uma vez tentar criar o sindicato da educação do Município de Fortaleza? Porque a proposta de Estatuto dessa nova entidade não está sendo amplamente divulgada para a categoria nas redes sociais e no site do Sindiute? Como será discutido e aprovado um Estatuto e eleita uma diretoria para esse sindicato em meio a um show?

Mais uma vez tentam enganar os professores e demais servidores da educação.
Diante disto, estamos chamando os professores e demais servidores da educação para uma assembleia específica da categoria às 14h do dia 23/10/15, na sede do Sindifort. Na assembleia faremos os esclarecimentos sobre esse processo e para que os servidores possam decidir, democraticamente, se querem ou não criar um sindicato e caso queiram, como se dará esta criação. Defendemos a ampla participação da categoria no processo de criação de um sindicato, que com certeza não se dá com assembleias secretas e tendo como chamarizes show e sorteio de motos.

O Sindifort protocolou um pedido de Mediação no Ministério Público do Trabalho (MPT) de forma a esclarecer o processo de criação do deste sindicato e que sejam garantidas as medidas para garantir a efetiva participação da categoria no processo. Está marcada uma audiência de mediação para hoje, dia 21/10 e o MPT, além de convidar o Sindifort, convidou também o Sindiute e a Comissão de Pro-fundação dessa nova entidade para a audiência na Procuradoria Regional do Trabalho da 7ª Região, mas o Sindiute informou que não poderá comparecer.

Todos à Assembleia dia 23/10, às 14h na sede do Sindifort! (Rua Vinte e Quatro de Maio, 1188, Centro)

Na assembleia também esclarecemos a informação oficial da PMF  de que serão garantidos todos os direitos dos servidores da educação, como divulgado no Site da SME (Veja aqui). 

Alguns professores nos informaram que estão espalhando boatos sobre um possível corte de da GIL, a suspensão do pagamento de salários a partir de dezembro, inclusive do 13º, entre outros absurdos. Não sabemos com qual intuito estão sendo divulgadas tais notícias, mas podemos afirmar que na Mesa Central de Negociação, instância oficial que discute as pautas de reivindicações de todos os servidores do Município, não houve nenhum informe sobre medida de suspensão de salários pela Prefeitura.

Na certeza de nosso compromisso com a categoria, reafirmamos nossa ação militante em defesa dos servidores da educação, bem como, de todos os empregados públicos e servidores do município de Fortaleza.

Bem-Vindo!


Agenda da Luta

DIA NACIONAL DE MOBILIZAÇÃO

- 14/09/2017 | 16h | Praça da Bandeira.

 

Cadastre seu email

Leia Nosso Informativo



 

 

 

 

       

Cartilha de direitos das mulheres

  

 

 

 

 

Vídeos do Sindifort
Facebook
Twitter
Youtube