Nota publicada no jornal O Povo, 1º caderno, página 3, edição de 27/10/17

Amanhã, 28 de outubro, os servidores municipais não têm nada a comemorar e sobram razões para lutar.
 
O governo corrupto de Michel Temer e seus aliados no Congresso estão retirando direitos históricos dos servidores e da população. Seja através das reformas (trabalhista, previdenciária), seja através de medidas e projetos. Eles querem liquidar o que resta do serviço público e massacrar a população para o benefício de grandes empresários, banqueiros, especuladores e políticos. Um dos mais graves ataques foi a aprovação pela CCJ do Senado da proposta de quebra da estabilidade do servidor público através de avaliação de desempenho. 

Mas o ataque contra o serviço público não acontece só a nível federal e estadual. Em Fortaleza o prefeito Roberto Cláudio (PDT) continua sem dar o devido valor aos servidores municipais. Este ano, alegando a crise e a falta de recursos, o prefeito não concedeu um centavo de reajuste salarial. Para o reajuste dos servidores não há recursos, mas para enterrar R$  250 milhões no novo aterro da praia de Iracema e em outras obras no entorno, tem dinheiro e ainda sobra.

Para continuar lendo, clique na imagem

Bem-Vindo!


Agenda da Luta

 

Assembleia Geral de Abertura da Campanha Salarial 2018

19/01/2018 | 9h | Paço Municipal - Rua São José, 01

Cadastre seu email

Leia Nosso Informativo



 

 

 

 

       

Cartilha de direitos das mulheres

  

 

 

 

 

Vídeos do Sindifort
Facebook
Twitter
Youtube